Candidato a prefeitura de São Paulo pelo PSOL, Guilherme Boulos faz campanha antecipada e terá que pagar multa de R$ 5.000,00

 

O pré-candidato a prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos terá que pagar pela sua propaganda eleitoral antecipada. O TER de São Paulo, decretou que o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) pague uma multa de 5 mil reais após a publicação de um vídeo nas redes sociais, além do pré candidato a prefeito, a sua vice a deputado federal Luiza Erundina também deverá pagar o mesmo valor da multa. Essa decisão foi expedida pelo juiz Emílio Migliano Neto, que acatou um pedido feito pelo Partido Novo.

No vídeo publicado por Boulos que esta acompanhada da deputada federal, convida os seguidores a irem “à luta eleger Boulos prefeito de São Paulo”. Para o Novo, isso trata de um pedido explícito de voto.

 

Créditos: Gazeta do Brasil

Por favor deixe seu like ou compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da nossa página? Compartilhe com seus amigos!