Dateninha afirma que Osasco tem um vereador sentado na cadeira de prefeito

 

Marco Aurélio de Souza, mais conhecido como Dateninha, tem 47 anos, nasceu em Osasco e mora no bairro Cidade das Flores. É casado com Sarah Keila Lima, épai de um filho de 18 anos, o estudante de engenharia mecânica Matheus Sabino de Souza. Hoje é candidato a prefeitura de Osasco pelo Solidariedade, acompanhe com exclusividade a entrevista com Marco Souza Dateninha.

 

1.Fale um pouco sobre sua trajetória política em Osasco e quem é o Dateninha.

Sou uma pessoa do povo, procuro ser verdadeiro nas minhas atitudes, gosto muito de ajudar e sou contra injustiças. Acredito que para haver mudança não adianta ficar só reclamando, temos que ir à luta, buscar os nossos objetivos enão há mudança se não for pela política. Eu iniciei minha trajetória em 1996, como articulador político, dirigente partidário e fui também candidato a vereador aos 23 anos. Em 2006, concorri como deputado federal; em 2010 disputei o Senado como suplente do cantor Moacir Franco; em 2018 fui candidato ao Senado novamente, como suplente da ex-atleta Maurren Maggi, e recebemos naquelas eleições quase 3 milhões de votos no Estado, sendo mais de 43 mil em Osasco.

Já em 2019, fui convidado pelo deputado federal Paulinho da Força para estruturar o Solidariedade em Osasco e a Executiva do partido apoiou a minha candidatura a prefeito. Junto com o Marco Ribeiro, meu candidato a vice-prefeito e presidente municipal do PROS, há um ano e meio estamos discutindo este momento, porque não dá mais para ficar só assistindo aos problemas da cidade, que aumentam e não são resolvidos como deveriam.

  1. Quais foram as razões que te levaram  a colocar seu nome como candidato a prefeitura de Osasco?

A esperança e a vontade de resolver os problemas da cidade e mudar essa situação com ideias e projetos que realmente irão funcionar.  Como dirigente de partido e consultor político, eu já andei por quase todas as cidades do Estado e vi municípios que são modernos e exemplosde serviços públicos de qualidade e que funcionam de verdade. Aí me entristecia bastante, quando voltava para casa e via uma cidade cinza, apagada, parecendo que não tem governante. As nossas ruas cheias de buraco, asfalto de péssima qualidade, as nossas praças e parques parecendo mais florestas com mato à altura, porque não recebem manutenção. A nossa cidade é muito mal cuidada pelo poder público, a nossa saúde é um verdadeiro caos, faltam médicos, remédios e exames, a população reclama com toda razão, porque sente na pele o descaso da má administração pública. Por isso nasceu o interesse de ser prefeito de Osasco, para a gente tentar mudar história, fazer Osasco ser o que era antes, aquela cidade-trabalho, cidade que era o orgulho de todos, cidade que tinha saúde eeducação que funcionavam. Sem falar na segurança, outro sério problema, incluindo a desmotivação dos profissionais da Guarda Municipal, que precisam ser valorizados, precisam de recursos, equipamentos viaturas novas para proteger os cidadãos osasquenses. Quero poder fazer diferente dos que estiveram no poder e não fizeram nada para melhorar a vida das pessoas, que sofrem a cada dia com a falta de ações efetivas do governo.

 

  1. Quais são suas principais propostas para a população de Osasco?

Temos muitos projetos no nosso Plano de Governo, eu sempre digo que não é preciso reinventar a roda e sim colocá-la para rodar. Não é preciso construir tantos prédios ou inventar projetos mirabolante, basta fazer funcionar bem o que já existe na cidade e nós vamos fazer. Só para um exemplo na área da saúde, um dos meus projetos para resolver de imediato a falta de vagas e de médicos será buscar convênio com a rede privada.

 

Na educação, pretendemos investir na capacitação, garantir um salário digno aos professores para que os alunos tenham um ensino com mais qualidade. Outra medida é que a diretora de escola não seja mais indicada pelo prefeito, a diretora tem que ser eleita, escolhida pelos professores,alunos epais. Tem que ser uma professora de carreira, que seja da própria escola e que conheça a realidade daquela comunidade.

Uma das minhas ideias para melhorar a mobilidade urbana e o transporte público será a criação de linhas de ônibus circulares, beneficiando quem vem dos bairros, para que possam fazer baldeações com o pagamento de apenas uma tarifa.  A melhoria das calçadas, da malha viária e a acessibilidade também receberão atenção no meu governo.

 

 

  1. Qual será seu maior desafio nessa eleição na cidade?

O maior desafio é justamente vencer a eleição, porque estamos enfrentando campanhas milionárias e os nossos partidos dois partidos são pequenos. O atual prefeito que concorre à reeleição está com a máquina na mão. Porém, sabemos que além da rejeição e a revolta de moradores que acreditaram que seria um governo de renovação, como foi a promessa na eleição passada, Osasco vive uma série de denúncias e escândalos de corrupção.

Nós estamos trabalhando com a verdade, levando nossas propostas com muita seriedade e transparência, vamos percorrer toda a cidade, ouvir a população e estar perto dos moradores para receber as críticas e o descontentamento deles, mostrando que somos diferentes, que realmente queremos trazer soluções e fazer diferente dos governos que estiveram aí nos últimos anos.

 

  1. Como você avalia a gestão do atual prefeito, o que você teria feito de diferente?

A impressão que eu tenho é que a cidade não tem governante, infelizmente, o que parece é que temos um vereador sentado na cadeira de prefeito. Osasco está sem comando, o prefeito não administra como deveria, quem está administrando são os secretários e os assessores, que ficam o tempo todo  falando que já deu certo, que a cidade está bonita, mas isso não é verdade. Osasco está um verdadeiro caos com serviços que não funcionam. Isso chega a ser uma vergonha, porque nós temos um orçamento de quase R$ 700 milhões na saúde, isso sem falar na verba que veio para enfrentar a pandemia, a prefeitura recebeu dinheiro do governo estadual e do governo federal e mesmo assim conseguiu ser a 3ª cidade que mais matou de Covid-19. Esta semana, Osasco saiu novamente nos noticiários de forma negativa com a investigação do Ministério Público e da Polícia Federal sobre desvio de verbas. Isso não pode mais acontecer, precisamos exigir que o orçamento seja cumprido e a população seja atendida com qualidade,que não ocorra mais o desvio de verbapública. É inadmissível que a mãe não consiga marcar a consulta do filho, que os idosos fiquem esperando por um leito nos corredores dos prontos-socorros, que muitos pacientes estejam em fila de espera para consulta com especialista ou aguardando uma cirurgia.

 

  1. Suas considerações finais.

Eu tenho experiência e muito conhecimento no meio político, mantenho bom relacionamento tanto com nos partidos de oposição quanto na situação. Estou preparado para ser prefeito da cidade Osasco, para inovar em todas as áreas e serviços, com transparência e eficiência e a parceria de todos os setores da sociedade. Estaremos dispostos sempre a ouvir e decidir pelo que for melhor para a cidade e para a população de Osasco.

Agradeço a toda equipe do Jornal pela oportunidade.

Por favor deixe seu like ou compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da nossa página? Compartilhe com seus amigos!