Governo do Estado anuncia a contratação de 2.500 câmeras corporais para a Polícia Militar

O Governador João Doria anunciou a contratação de 2.500 câmeras corporais para a Polícia Militar do Estado de São Paulo. O novo sistema terá tecnologia para acionamento remoto, localização imediata por GPS, gravação ininterrupta do turno de serviço, com armazenamento do conteúdo em nuvem e transmissão das imagens em tempo real para centrais específicas, como o Centro de Operações da PM (COPOM), garantindo assim o acompanhamento instantâneo das ações policiais em diferentes regiões do Estado e a sincronização dos fatos com as evidências gravadas.

A expectativa é que as novas câmeras entrem em operação já no primeiro trimestre de 2021. O contrato de prestação de serviço terá duração prevista de 30 meses e a estimativa é que o Governo do Estado invista cerca de R$ 1,2 milhão ao mês na operação e gestão completa do sistema. Já no início do próximo ano, será lançado um novo edital para a contratação de mais sete mil bodycams. A meta do governo paulista é alcançar a marca de 10 mil câmeras corporais em operação até o fim de 2021.

Com capacidade para captar som e imagem, as novas câmeras corporais contribuem decisivamente para fortalecer a produção de provas judiciais durante as mais diversas atividades policiais. Paralelamente, as imagens também têm a função de garantir os direitos individuais dos cidadãos e preservar a atuação dos policiais, garantindo mais transparência e legitimidade às ações.

Atualmente, a Polícia Militar do Estado de São Paulo já conta com 585 câmeras portáteis em operação. Neste período, mais de 240 mil vídeos foram registrados pelas bodycams, incluindo abordagens, salvamentos, entre outros.

Por favor deixe seu like ou compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da nossa página? Compartilhe com seus amigos!