Pazuello alega problemas de saúde e pode deixar pasta nos próximos dias

Pessoas ligadas ao presidente já estão em contato com dois médicos para substituir Pazuello no ministério

O presidente Jair Bolsonaro terá que enfrentar mais uma vez a troca do ministério da saúde em seu governo, general Eduardo Pazuello, que atualmente comanda a pasta, alegou ao presidente estar com problemas de saúde e para se recuperar, precisará de mais tempo.

Nos últimos dias, uma pressão muito grande dos deputados do centrão vem sendo feito, alegando a má gestão durante a pandemia.

Segundo “O Globo”, dois nomes são cogitados para substituir o general:  Marcelo Queiroga, presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia e Ludhmilla Abrrahão Hajjar, professora associada da USP.

Nos próximos dias, o anúncio deve ser feito pelo presidente Jair Bolsonaro.

Por favor deixe seu like ou compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da nossa página? Compartilhe com seus amigos!