Prefeito Paulo Barufi perde apoios importantes em Jandira

A menos de um ano das próximas eleições, o prefeito de Jandira Paulo Barufi perde apoios dentro e fora da cidade. Isso é o que afirmam fontes que acompanham os bastidores da política local.

O primeiro revés foi a saída do presidente do PSL de Jandira, Wiliam Jardim, que fazia parte da equipe de governo de Barufi, mas pediu exoneração no início de outubro. Já circula na cidade que o PSL está buscando uma aproximação com o médico Dr. Sato que tem afirmado ser pré-candidato a prefeito.

A disputa que teria ainda o vereador Reginaldo Camilo (PT), Zézinho, segundo analistas, pode ficar entre Sato e Barufi, isso se Barufi não perder mais apoios, podendo inclusive o fazer desistir, como aconteceu com o ex-prefeito Gê (PV).

No mês de outubro o prefeito de Jandira também teve outro revés, junto com o vereador Silvio (Patriotas) foi pedir apoio do PSB ao deputado estadual Caio França, um dos líderes da legenda e filho do ex-governador Márcio França. Porém, mesmo com a investida do prefeito, o partido manteve Wesley Teixeira na presidência municipal e declarou que irá apoiar Dr. Sato em 2020. A negativa do deputado e do partido ao pedido do prefeito de Jandira não foi vista com bons olhos por lideranças de Jandira.

O vice-prefeito de Jandira, e presidente municipal do MDB, Manoel Domingues, também declarou que apoiará Sato em 2020. Manoel tem declarado que se decepcionou com Paulo Barufi e a cidade precisa de mudança.

Uma fonte próxima do governo de Barufi comentou que a perda de apoio do prefeito reflete nas estratégias para as eleições de 2020, ou seja, as lideranças podem rever se querem ou não apostar em um candidato que pode não se reeleger, como ocorreu com o ex-prefeito Geraldo Teotônio (PV) por conta da instabilidade, semelhante, de seu governo.

Por favor deixe seu like ou compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Gostou da nossa página? Compartilhe com seus amigos!