Com investimentos no esporte da cidade Santana de Parnaíba é destaque e colhe frutos no Brasil e exterior

Os constantes investimentos no esporte de Santana de Parnaíba nos últimos 10 anos, principalmente em infraestrutura e preparação de talentos para o alto rendimento, têm gerado frutos com atletas subindo no ponto mais alto do pódio em competições em níveis nacional e internacional. Após a entrega do Parque Colinas da Anhanguera, primeiro equipamento público de esporte e lazer inaugurado em 2014, o município contemplou a população com mais de 20 espaços de prática desportiva, virou Centro Nacional de Formação de Atletas e ainda firmou parcerias com projetos de estímulo à iniciação esportiva e formação profissional, visando a descoberta de talentos. 

Segundo o coordenador do Centro Nacional de Formação de Atletas Polo Santana de Parnaíba, Deni Domingos da Silva, a transformação de alunos em atletas de alto rendimento é realizada em aulas e treinos promovidos na pista de atletismo do Parque Cento e Vinte, na área externa da Arena de Eventos e na estrutura oficial de atletismo da Fundação Eprocad, disponível para os alunos por intermédio de uma parceria com a Secretaria de Educação.

Ainda segundo o coordenador, além da preparação de atletas, ele sempre tem a oportunidade de acompanhar as conquistas dos alunos e, aproveitando, compartilha alguns dos nomes que fizeram história em Santana de Parnaíba e depois partiram para grandes clubes. São eles: Samuel Pereira (Mundial de Atletismo – Salto em Altura), Amiel Sharon Sousa (Mundial de Atletismo – Arremesso de Peso), Édson Micael (Campeonato Brasileiro – Salto com Vara), Gustavo Uliana (Campeonato Brasileiro – 200m rasos), Cauã Ferreira (Campeonato Brasileiro – Decatlo), Naftaly Jesus (Campeonato Brasileiro – Salto em Altura), Bruno Rocha (Campeonato Brasileiro – Salto Triplo), Juliana Celis (Campeonato Brasileiro – Lançamento de Dardo), Renata Pereira (Campeonato Brasileiro Universitário – Salto em Altura).

Talentos da atualidade

Entre as descobertas da atualidade dentro do esporte escolar de Santana de Parnaíba, destaque para o atleta de salto triplo Bruno Rocha, 16 anos, 1.83 de altura, com a atual marca de 13.31 metros, que sonha em disputar uma edição olímpica e tem como ídolo o triplista Amir Cunha dos Santos (em fase de preparação para os Jogos Olímpicos de Paris).

Como representante da modalidade feminina, Thaynara Ribeiro, 15 anos, estudante do Colégio Prof. Carlos Alberto de Siqueira, 1.60 de altura, revela que entrou para o salto triplo para aproveitar o tempo ocioso. “Eu estava com tempo livre após os estudos, muito rebelde, e então entrei no atletismo, me encontrei e logo comecei as conquistas”, diz a atleta, que ganhou sua primeira medalha em 2022 (prata) no Paulista de Atletismo sub-16, e sua mais conquista é o ouro nos Jogos Escolares do Estado de São Paulo (JEESP) 2024.

Na lista das modalidades com grandes conquistas para o Brasil, com Adhemar Ferreira da Silva, bicampeão olímpico em Helsinque (1952 – 16.22m) e Melbourne (1956 – 16.35m), o salto triplo exige do atleta uma preparação que combina técnica e velocidade. A prova, em si, começa com uma corrida de impulso e é executada em três saltos sucessivos que terminam com a queda numa caixa de areia. O atual campeão olímpico da modalidade é o português Pedro Pablo Pichardo, ouro nos Jogos de Tóquio 2020 com a marca de 17.98m.

Infraestrutura de Santana de Parnaíba e formação de cidadãos

Se por um lado a prática do esporte é vivenciada por competidores em busca da realização do sonho de conquistar medalhas e pódios em grandes competições, para a grande maioria a predominância fica para a função socializadora (de promoção da disciplina, resistência, superação, saúde física e mental). E aqui entra o olhar clínico da gestão pública de Santana de Parnaíba com as dezenas de entregas dos equipamentos desportivos à população.

Pois, além do objetivo de formar atletas de alto rendimento, os projetos de esporte escolar da cidade visam a transformação da cidadania através da prática esportiva. Dentro dessa proposta, a equipe composta por professores e estagiários trabalha os treinos do dia a dia com o acróstico “LACREI” estampado no uniforme, que significa Legado, Autonomia, Compromisso, Respeito, Excelência e Integridade.

Ao reorganizar os espaços urbanos nos bairros da cidade para a implantação de parques, quadras de futebol society, pistas de skate, estádio, campos de futebol, piscinas e arenas, entre outros, a Prefeitura de Santana de Parnaíba tem como missão promover o bem-estar, a qualidade de vida e a socialização.

Pensando neste conceito, os esforços do poder executivo, em melhorar a infraestrutura de esporte nas macrorregiões, estão transformando a cara da cidade. Só de parques municipais já são praticamente 10. Depois do primeiro, o Parque Colinas da Anhanguera (2014), vieram o Parque São Pedro (2015), São Luís (2017), Jaguari (2019), Pq. Santana (2020), Cento e Vinte/Tibiriçá (2020), Poupança (2021), Cristal Park (2021), Refúgio dos Bandeirantes (2023) e está em vias de entregar o Parque dos Eucaliptos. A infraestrutura, da maioria, tem quadras de vôlei de areia, quadras society e pista de caminhada. 

Mas o esporte, como um todo, vai bem mais além, tem ainda o Campo São Pedro (2018), Campo Sítio do Morro (2017), Campo do Jardim Isaura (2018), Campo Colinas da Anhanguera/reforma (2020), Complexo Esportivo São Pedro (2020), Complexo Esportivo Central (2020), Complexo Esportivo Fazendinha (2020), Arena José Roberto Guimarães/Fazendinha (2020), Estádio Municipal (2020), Complexo Esportivo Imídeo (2022); quadras society’s no Eucaliptos, Praça Vila Nova/Cento e Vinte, Vila Nova e Rua Júpiter, entre outros. 

Em meio a tamanha oferta de espaços para a prática de um esporte, seja com o objetivo de se transformar em um atleta de ponta ou melhorar a qualidade de vida, para participar das aulas de atletismo oferecidas por intermédio das escolas, os alunos devem procurar a Arena de Eventos, localizada na Av. Esperança, 450 – Campo da Vila, e realizar a inscrição. 

As aulas de iniciação no atletismo, atualmente com 80 alunos, são realizadas toda 3ª e 5ª, das 13h às 16h. Conforme a evolução nos treinos, o atleta é promovido para outros níveis e passa a treinar toda 4ª e 6ª na Fundação Eprocad, onde constrói sua trajetória profissional com disputas em grandes competições.

Related Articles

2 Comments

Avarage Rating:
  • 0 / 10
  • Ludie Robel , 18 de junho de 2024 @ 20:54

    Your blog has quickly become one of my favorites. Your writing is both insightful and thought-provoking, and I always come away from your posts feeling inspired. Keep up the phenomenal work!

  • Kaycee Renner , 21 de junho de 2024 @ 20:57

    Thank you for the good writeup. It in fact was a amusement account it. Look advanced to far added agreeable from you! https://brazz.org/ However, how could we communicate?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress