Doutor Sato eleva segurança pública em Jandira com aquisição de novos equipamentos

O prefeito Henri Hajime Sato, Doutor Sato, juntamente do vice-prefeito, Carlos Eduardo Piteri, Piti Piteri, e do secretário de Segurança Pública, Ricardo Antunes, entregou mais equipamentos para a GCM (Guarda Civil Municipal) de Jandira.

Dentre as novas aquisições, destacam-se:

  • Granadas de efeito moral – 40 (quarenta);
  • Pistolas incapacitantes Spark – 10 (dez);
  • Espargidores gás de pimenta – 260 (duzentos e sessenta);
  • Munições de borracha – 100 (cem);
  • Drones – 02 (dois).

Das novas aquisições um grande destaque é a pistola Spark, que é um dispositivo incapacitante que emite pulsos elétricos à distância. Estes impulsos têm curta duração e baixa energia, mas possibilitam que os agentes de segurança neutralizem a pessoa abordada sem a necessidade de contato físico, o que reduz as chances de lesões, tanto no agente quanto na pessoa imobilizada, permitindo a incapacitação temporária do agressor.

O secretário de Segurança Pública, Ricardo Antunes, enfatizou: “Estamos comprometidos em proporcionar à GCM de Jandira os recursos necessários para que possam atuar com eficiência e segurança. Esses novos equipamentos representam um avanço significativo na nossa estratégia de garantir a segurança dos cidadãos”.

Vale salientar que a GCM de Jandira é a única do país com equipamentos equivalentes às forças estaduais. Doutor Sato, por sua vez, assegurou:  “A segurança pública é uma prioridade absoluta em nossa gestão. Equipar nossa Guarda Civil Municipal com tecnologia de ponta não apenas fortalece nossa capacidade de resposta, mas também reforça o compromisso com a proteção de nossos munícipes. Estamos orgulhosos de sermos pioneiros no país nesse aspecto”.

Já para o subinspetor Siderley Lima, chefe da ROMU, a aquisição foi de suma importância: “As forças policiais estão sempre preocupadas no atendimento de ocorrências visando restabelecer a ordem pública. Portanto, é necessário poder aplicar força, porém com os menores danos colaterais possíveis”. 

“Armas não letais são parte da solução. Impedir progressões de natureza violenta aplicando a força necessária para contenção sem causar lesões permanentes ou fatalidade é a nossa missão. As armas não letais conferem aos agentes da lei capacidade para empregar a força de forma progressiva, reduzindo as situações nas quais o uso da arma de fogo seja necessário”, completou.

Related Articles

418 Comments

Avarage Rating:
  • 0 / 10