Quanto mais você alimenta o que não é para você, mais adia o que realmente é

Encerrar ciclos é uma parte inevitável da vida. Desde o momento em que nascemos, começamos a vivenciar uma série de fases que se encerram e se abrem ao longo do nosso caminho. Algumas vezes, esses ciclos são esperados e planejados, enquanto em outras ocasiões, eles podem chegar inesperadamente, deixando-nos com uma sensação de perda ou incerteza.

No entanto, independente das circunstâncias, encerrar ciclos é algo que todos nós precisamos fazer para seguir em frente. Às vezes, isso significa deixar para trás relacionamentos que não nos fazem mais felizes, empregos que não nos trazem satisfação ou hábitos que não nos ajudam a crescer. Em outras ocasiões, isso pode significar superar a morte de alguém querido, o fim de uma era ou o término de um período importante na vida.

Encerrar ciclos pode ser uma experiência dolorosa e desconfortável, mas é também um momento crucial para refletir sobre o que aprendemos e como podemos aplicar essas lições para o futuro. É uma oportunidade para crescer, evoluir e se reinventar, descobrindo novas paixões e caminhos que talvez nunca teríamos explorado se não tivéssemos deixado algo para trás.

Encerrar ciclos nem sempre é fácil. Muitas vezes, ficamos presos em velhos hábitos e padrões de pensamento que nos impedem de seguir em frente. Podemos nos sentir culpados por deixar para trás algo que amamos ou tememos o desconhecido. Mas é importante lembrar que todas as mudanças envolvem um certo grau de desconforto e incerteza. É somente quando nos permitimos abraçar o desconhecido que podemos abrir caminho para novas oportunidades e experiências.

Encerrar ciclos é uma parte natural da vida, e embora possa ser desafiador, também é uma oportunidade para crescer e se transformar. Então, quando chegar a hora de deixar algo para trás, permita-se sentir as emoções que surgem, mas não tenha medo de seguir em frente. Lembre-se de que cada encerramento é uma oportunidade para um novo começo.

Convivo com pessoas com medo de mudarem de emprego diariamente e embora seja desafiador, é libertador também!
Todos nós temos um alerta que ascende quando alguma coisa não tem mais como evoluir. Quando escolhemos ficar presos em algo ruim adiamos o próximo ciclo.

As vezes o medo de mudar de emprego atrasa 10 anos da sua carreira. Alguns são mandados embora por não serem mais produtivos aí vem a culpa de não ter feito a mudança antes.

A zona de conforto é perigosa. Dificilmente alguém está crescendo nela.

Related Articles

747 Comments

Avarage Rating:
  • 0 / 10