Ver. Prof. Naldo critica gestão da saúde em Carapicuíba

No último dia 14 de junho, o Sr. Sérgio Pedro da Silva, de 50 anos, foi encontrado morto na Sala de Espera do Pronto Socorro Cohab II em Carapicuíba, o paciente tinha passado por atendimento médico na terça-feira 13 de junho (no mesmo PS), por volta das 22h, atendido por um Clínico Geral e depois por um psiquiatra. “Não quero aqui pegar está fatalidade para questionar a qualidade da gestão da Secretaria de Saúde, estamos há mais de cinco meses falando sobre isso, nesta tribuna. A Secretaria de Saúde apresentou cinco versões desta fatalidade, duas são: que o paciente teve alta após as consultas e a outra versão, é que não teve alta, só uma investigação vai apresentar a verdade. No mesmo dia (14) protocolei o ofício de nº200/23, como Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, cobrando o Prontuário do Paciente.” Continua o Ver. Prof. Naldo. “Tenho denunciado, entre outras coisas a falta de empatia na gestão da saúde com os usuários, ou seja, falta capacidade de sentir o que outra pessoa sente, de se colocar no lugar do outro, o ambiente nas unidades de saúde é hostil para funcionários, têm várias denúncias de assédio moral da chefia com os funcionários, então o que esperar? Que um funcionário se preocupe com alguém que passou por atendimento e está horas imóvel sentado em uma cadeira? Esperar que alguém vá até ele pergunte se está tudo bem com o senhor, precisa de alguma coisa?”

Na Sessão Ordinária de terça feira (20) o vereador Prof. Naldo teve seu pedido de urgência rejeitado para a votação do Requerimento 068/23 que cobra informações sobre o Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar de 2001. “A gestão da saúde é uma gestão que não pode cometer erros, errar na saúde significa morte e sofrimento. Pacientes não podem e não devem ser tratados como “coisa”, e foi pensando nisto que desde 2001 temos o Programa Nacional de Humanização da Assistência Hospitalar. Humanizar a gestão de saúde não é mais nada do que valorização dos usuários, trabalhadores e gestores, ampliar a capacidade de transformar a realidade, criar vínculos solidários, facilitar a comunicação entre gestão e pacientes. Minha questão é, ou este Programa de Humanização não foi implantado em Carapicuíba ou foi implantado pelo avesso, ao contrário dos objetivos”.

Na mesma Sessão o Ver. Prof. Naldo (PT) foi aprovado o Requerimento n° 64/2023, que requer do Executivo informações sobre qual será a data de constituição do Conselho de Trânsito, Transporte e Mobilidade, órgão responsável, entre outras atribuições, por fiscalizar e propor ações referentes à integração do transporte público na cidade. É também de autoria do Prof. Naldo a indicação n° 1.031/2023, que a Prefeitura faça uma campanha de alerta à febre maculosa na cidade de Carapicuíba.

Related Articles

25 Comments

Avarage Rating:
  • 0 / 10

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

plugins premium WordPress